Ministério da Educação
Educação

Ensino na Sanga mais reforçado

O governador provincial do Cuanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, disse que foi a pensar nas crianças que estavam fora do sistema de ensino que o Governo da província direccionou esta infra-estrutura para a comuna da Sanga.

O empreendimento dispõe de 12 salas de aula, sala para os professores, campo desportiva e um anfiteatro. A instituição de ensino vai albergar 1.200 alunos em dois turnos e custou aos cofres do Estado 171 milhões de kwanzas.

A distância entre a sede comunal e a sede municipal impedia muitas crianças a continuar com os estudos, mas esta dificuldade acabou com a entrada em funcionamento da escola no presente ano lectivo, disse Eusébio de Brito Teixeira, que apelou aos pais e encarregados de educação para incentivarem as crianças nos estudos e cuidarem da infra-estrutura.

Foram matriculados na comuna cerca de dois mil alunos no primeiro e segundo ciclos de ensino.

Assistiram à inauguração da escola o vice governador para área técnica e infra-estruturas, António Victor Teixeira da Gama, a administradora municipal da Cela, Amélia Agria Russo, o director provincial das Obras Públicas, Carlos Augusto Armando, membros de partidos políticos, entidades religiosas e autoridades tradicionais.